Você está aqui

Apresentação

Apresentação

O ensino público brasileiro apresenta hoje um quadro preocupante diante do sucateamento e precarização que o sistema educacional vem sofrendo, devido aos processos da globalização, tendo como um dos principais a transfiguração do saber e o processo de aprendizagem humana em mercadoria. Isto se agrava a medida que políticas de discussões sobre o ensino público estão cada vez mais ausentes.

A universidade, como instituição à serviço do saber, tem também sob seus paradigmas, sua relação com a sociedade e a reflexão de sua integração com a realidade.

 

O sentido das atividades de ensino, pesquisa e extensão desenvolvidas na Universidade de São Paulo corroboram nessa direção. Dessa forma, transcendendo-se à atuação pontual para contribuir à democratização do conhecimento de uma forma mais incisiva. Através de práticas concretas, foi pensado e elaborado o Projeto “I Semana da Geografia”, realizado em 2003. As atividades do projeto pressupõem o compromisso ético da comunidade acadêmica na abordagem de problemas da sociedade contemporânea sob a perspectiva do ensino de geografia, e apontam a possibilidade da construção de um novo espaço de diálogo que discuta o pensar e o fazer da geografia na sala de aula e sua relação com o mundo.

 

As integrações/trocas das diferentes instâncias educativas, de experiências e vivências entre profissionais do ensino de geografia, estudantes da graduação, da licenciatura e da escola pública, são elementares na construção de parâmetros educacionais próximos às necessidades de compreensão que a sociedade comporta. Dando, continuidade ao Projeto "Semana de Geografia", procuramos ampliar e amadurecê-lo, propondo que o projeto seja estruturado ao longo de dois anos, comportando duas etapas.No primeiro ano, propomos que seja realizado um "Encontro de Formação e Ensino de Geografia", reunindo os profissionais da educação das instituições envolvidas no Ensino de Geografia.

 

Seria um momento de problematização, discussão e reflexão da formação de professores e das questões estruturais concernentes à Educação, sendo o público-alvo essencialmente os professores e estudantes da graduação em Geografia (Licenciatura e Bacharelado). A formação dos professores se constitui numa questão central no contexto mais amplo da educação brasileira, por essa mesma razão é objeto das atuais reformas educacionais e precisa ser contemplado no âmbito dos debates acadêmicos e das entidades científicas e profissionais. Além dos debates que encaminhariam a maior parte das discussões, a proposta neste primeiro ano é realizar oficinas voltadas a fornecer conteúdos didáticos novos na formação e prática dos professores da rede pública e divulgar trabalhos e projetos científicos que estejam sendo desenvolvidos por graduandos e pós-graduandos na área do Ensino de Geografia. Esta primeira etapa foi realizada no ano de 2003. Em 2004, propomos a realização do "I Encontro de Ensino de Geografia das Escolas Públicas de São Paulo", onde os professores apresentaram junto com os estudantes projetos interdisciplinares ou não, na área de Geografia, como realizado no ano de 2003. Esta etapa é de suma importância para que se construa um espaço de troca de experiências entre os professores e possibilite uma aproximação maior da Universidade e os estudantes da rede pública de ensino. Porém para enriquecimento das atividades neste ano decidimos tomar continuidade das oficinas, bem como iniciar com outras atividades. Uma delas é o Núcleo de Estudos que estamos organizando para discutir diferentes questões acerca do ensino de Geografia nas escolas públicas.